Você de volta ao controle

Alertas

Para quem são indicadas

Existem vários métodos de tratamento para a disfunção erétil, mas nem sempre terapias, como pílulas e injeções, resolvem o problema. Ou, pelo menos, não satisfazem completamente muitos homens.

O implante de prótese peniana, portanto, é reconhecido como uma opção válida para pacientes nos quais a abordagem farmacológica (oral ou injetável) está contraindicada ou mostrou-se ineficaz e para aqueles que desejam uma solução permanente para a disfunção erétil irreversível.

A primeira etapa para a cirurgia do implante de próteses penianas envolve o esclarecimento do paciente a fim de entender suas expectativas em relação ao tratamento. A orientação inclui informações sobre a dilatação dos corpos cavernosos, que resulta na posterior impossibilidade de obtenção de qualquer ereção espontânea, e a apresentação dos diferentes modelos de próteses.

Sugere-se ainda a manipulação prévia de um modelo do dispositivo, pois o entendimento do seu funcionamento avaliará a capacidade do paciente em usar corretamente a prótese após a cirurgia. A decisão da escolha é tomada de forma conjunta com o médico.

Além de possibilitar o restabelecimento da atividade sexual para a disfunção erétil irreversível, o implante de prótese peniana também é recomendado para reconstrução peniana em casos de amputação e para cirurgia de transexualização, em que há interesse por um pênis funcional.



destaques

Copyright © 2014 Sociedade Brasileira de Urologia
Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Ketchum.